Engana-se quem pensa que a procura por carros para mulher é baixa e que elas ainda não fazem parte das decisões à respeito da compra de veículos. Atualmente é comum conhecer mulheres bem-sucedidas no mercado de trabalho, ou até mesmo que possuam o controle do orçamento familiar. Mas será que o setor automotivo já compreendeu isso? Acompanhe nosso post e saiba mais.

Mais do que um carro, uma experiência completa

Mais cuidadosas e consequentemente mais exigentes no momento de escolher um veículo, as táticas a serem utilizadas para oferecer um veículo para as mulheres ainda assustam os vendedores mais conservadores.

Os homens normalmente pensam nos aspectos mecânicos, como, torque e velocidade, enquanto as mulheres buscam diferenciais, como conforto, segurança, praticidade e funcionalidade. Para elas, o carro é muito mais do que uma ferramenta de transporte, mas sim um meio onde quer aproveitar as experiências proporcionadas de forma completa. Ela deseja que o veículo além de ser bonito, acompanhe esta característica das mulheres de conseguir pensar e fazer várias coisas ao mesmo tempo, e além disso não coloque em risco a segurança de seus filhos.

Os fabricantes de automóveis já começam a ter esta percepção. Um exemplo disso é que a quantidade de veículos com espelhos no quebra sol, maçanetas mais seguras, regulagem de altura do banco do motorista, além de vários porta-objetos, itens que costumam agradar as mulheres.

Emoções (e razão) à flor da pele

Algumas concessionárias já adequaram a abordagem para este novo perfil de comprador, entendendo que a mulher é mais sensível e emotiva por sua própria natureza. Muitos vendedores apresentam o carro no intuito de causar impacto emocional, deixando de lado a questão da potência dos motores e coisas do tipo, dando a entender que além das necessidades básicas que serão atendidas, sonhos serão realizados.

O que ainda atrapalha as vendas no caso dos vendedores menos atentos a este aspecto é pensar que a mulher é impulsiva ao comprar. Inclusive é normal que o público feminino faça uma longa pesquisa antes de comprar um veículo, pois além de desejar algo que ela tenha uma forte ligação, a mulher naturalmente não quer comprometer as finanças de sua casa e causar impactos às questões básicas como alimentação, bem-estar e saúde.

Veículos feitos para as mulheres

Ainda não se ouve falar em veículos com suportes para bolsas ou estojos de maquiagens de série, mas alguns fabricantes claramente já possuem essa preocupação com o público feminino no que diz respeito a questões como visibilidade, espaço interno, (o que é fundamental para as mulheres que têm filhos), design, praticidade para estacionar, etc.

Um exemplo disso são veículos como o Citroen C3, Fiat 500, Fiat Idea, Honda Fit e Ford Ka. A quantidade de mulheres que são possuidoras destes veículos diz muito a respeito do que falamos, pois, alguns exemplos acima possuem amplo espaço interno, outros são compactos, proporcionando manobras mais confortáveis de serem feitas, e um ponto em comum entre eles é o design arrojado e o grande número de itens de tecnologia.

Concluindo

O mercado parece ter compreendido sim, que oferecer carros para mulheres não se trata de oferecer veículos cor-de-rosa, com desenhos de flores ou itens parecidos. A mulher atual gosta de conforto, tecnologia, segurança, praticidade e design. E opções não tem faltado no mercado, e a tendência é só crescer, vide as alterações da dinâmica social nas últimas décadas.

E você, acha que o mercado automotivo ainda tem a melhorar no oferecimento de carros para mulheres? O que agrada o público feminino? Aproveite os comentários e compartilhe conosco a sua opinião.

Fonte: Vericar